segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Salta para 2014




Aproxima- se o salto para 2013,
Que não te esqueças,
De saltares com tudo aquilo,
Que te fez bem em 2013,
Salta,
Rindo,
Salta,
Com as melhores memórias,
Salta,
Com as tuas histórias,
Salta,
Com as tuas vitórias,
Salta,
Com tudo aquilo que conquistas-te,
Com todas aquelas batalhas que travas-te,
Salta,
Com os teus amigos no coração,
Salta,
Com o melhor de 2013,
O menos bom,
Puff , não teve a coragem suficiente,
Para saltar de ano....

Que seja um ano,
Com os melhores sorrisos,
As melhores aventuras,
Com as variadas conquistas,
As merecidas vitórias,
Com os melhores momentos,
Para serem daqui a 365 dias,
Recordados com alegria...

Faz do ano 2014,
O ano da revolução na tua vida,
Revoluciona-te ...

sábado, 28 de dezembro de 2013

Melhor de ti ....



As pessoas que no nosso caminho se cruzam
Possuem um motivo para nas nossas vidas aparecem,
Mesmo ninguém sabendo o motivo,
Ele existe...

Os momentos que a vida nos proporciona,
São nos proporcionados por uma razão,
Mesmo ninguém percebendo qual,
Ela existe...

A vida que nos é dada tem um motivo especial,
Para te ser entregue,
Mesmo ninguem entendendo,
Os motivos da vida,
Ela sabe, a quem deve entregar as maiores guerras,
Para serem travadas, 
Apenas dá aos mais fortes,
Ela sabe, a quem deve dar vitórias,
Para serem festejadas,
A todos aqueles que lutam para as conquistar,
Ela sabe, quem merece ser feliz,
Sabe que merecemos todos nós,
Apenas não pode dar a felicidade,
A todos ao mesmo tempo,
Apenas não pode dar de mãos estendidas,
Tudo conquistado nem tudo vencido,
Apenas nos dá,
As ferramentas para que cada um de nós,
Lute,
Caí,
Supere,
E vença...

Todos nós temos um razão de viver...
A todos nós nos é dada a vida,
Contudo temos um começo e um fim,
Cabemos completar o meio,
Com o melhor de nós....

Susana V

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Alma que cativou ...




A luz da tua alma,
Invade meu coração,
Com tanta intensidade,
Que me leva à paixão,
Trazendo a pura  felicidade,
Nesta noite de plena escuridão...

Iluminas meu coração,
Com a luz da paixão,
Aqueces me minha alma,
Com a tua alma,
Aquela alma,
Que a minha essência gostou,
E a ti cativou...

Tua luz é diferente,
De tantas outras luzes,
Tua luz é única,
É a única que a chama da paixão,
Consegue acender,
E meu coração aquecer ...

Susana V

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Juras de amor ...





Numa praia deserta,
Passeamos de mãos dadas,
Com o mar testemunho,
Das nossas confissões...

Cada passo que avançamos,
Era uma jura de amor,
Que partilhávamos...

Nossos olhares cruzavam-se,
Nosso coração palpitava,
Desejando o mundo parar,
E este momento para sempre congelar...

Susana V







"Jura que não vais ter uma aventura
Porque eu hei-de estar sempre à altura
De saber
Que a solidão é dura
E o amor é uma fervura
Que a saudade não segura
E a razão não serena
Mas jura que se tiver de ser
Ao menos que valha a pena"

Rui Veloso 

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Sempre natal...






Natal é hoje,
É amanha,
É todos os dias,
Em que acordas e vês um novo dia...

Natal é abraços,
É afectos,
É beijos,
É união,
É amor eterno...

Natal é ajudar o próximo,
Cada dia que abres a janela,
E vês vida ...

Natal não é só uma vez por ano,
Natal é manifestação de sentimentos,
É agitação de memórias,
É união de pessoas...

Abraça, 
Oferece,
Ama,
Retribui sempre que te apetecer,
Porque isso é que é natal,
Natal vive-se de coração...

Natal vive no coração,
De quem vive,
Se vives não deixes que esta mensagem,
Saia do teu coração,
Com um sopro de vento. 
Lê, retém e guarda,
Para um sempre natal...

Susana V

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Natal...





Natal é sinónimo,
De amor, partilha e afecto,
Natal é partilhar momentos felizes,
Com quem amamos,
É retribuir beijos e abraços,
A quem com amor nos dá,
Natal é fazer da vida, a magia do natal,
É criar o natal todos os meses,
Todas as semanas, todos os dias,
Nos nossos corações,
Junto da nossa família e amigos,
Natal é amor para dar e receber ,
Todos os dias em que abres a janela,
E vês um novo dia...



Deixo-vos a minha musica de natal preferida para desejar
a todos um natal cheio de alegria, saúde, amor e união...

Susana V

domingo, 22 de dezembro de 2013

Vive hoje


A vida é uma viagem,
Que pode terminar,
Qualquer dia,
Qualquer dia que acordes,
Ela termina sem  dares conta,
Ela acaba um dia...

E para trás fica,
O que vives te,
Ficam os momentos,
Que nela crias-te,
Ficam as pessoas de quem amas,
Fica tudo...

Tudo aquilo que te custou a conquistar,
Tudo aquilo que sempre lutas-te,
Tudo aquilo que querias viver e não vives-te,
Tudo aquilo que erras-te,
Tudo aquilo que vences-te,
Tudo aquilo que nela vives-te,
E deixas-te por viver...

São poucos os dias para lutares pelo que queres,
São poucas as horas para amares quem amas,
São poucos os minutos para zangas,
São poucos os segundos para viveres,
Por isso não a desperdices com milésimos de segundos,
Com  zangas, com discussões, com guerras,
Porque afinal, 
Estamos todos no mesmo barco,
E podemos não partir para outra viagem,
Ao mesmo tempo,
Mas esse é o nosso destino,
E o que nos vale os males entendidos,
As zangas com quem gostamos,
As discussões com quem amamos,
Se a vida é curta....

Fala hoje com quem já há muito não falas,
Declara-te hoje, a quem amas,
Afirma-te hoje, quem és no mundo,
Luta hoje, pelos teus sonhos,
Vive hoje, 
Não deixes a vida para um amanhã que pode não chegar...

Susana V

Procuro-te ...




Procuro-te por tudo o lado,
E não te encontro...

Vejo-te em todos os rostos,
E não encontro teus traços ...

Estou no meio da multidão,
Rodeada de pessoas,
Mas hoje, só queria uma,
Tu,
Aquele rosto que não encontro,
Tu,
Hoje só te queria para mim,
Para me aqueceres o coração,
Nesta noite de verão...

Susana V

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Amor em dois olhares ...

"Esta vista de mar, solitariamente, 
dói-me. Apenas dois mares, 
dois sóis, duas luas 
me dariam riso e bálsamo. 
A arte da Natureza pede 
o amor em dois olhares."

Fiama Hasse Pais Brandão, in "As Fábulas"


Aguardarei sentada à na praia, olhando o mar, observando o dançar das ondas e ouvindo a musica da gotas de água a beijarem a areia... Aguardarei aqui mesmo por ti, para um dia irmos ver os aviões...

Susana V

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Pedaço que completa



Nos sonhos tu me visitas,
Nos dias tu me persegues,
No coração tu vives...

Nos meus pensamentos vais falando,
Nas minhas memórias vais vivendo,
Na minha alma vais ficando...

No meu coração um vazio se instala,
Vazio de ti,
De ti que me acordas ao meio da noite,
Vazio de ti,
De ti que me sussurras aos ouvidos todos os dias,
De ti sinto falta...

Vazio em mim, 
Que poderá ser preenchido por ti,
Serás tu,
O pedaço que me falta,
O pedaço que me sinta completa...

Susana V

domingo, 15 de dezembro de 2013

Vive-la ...




Viver é..
É perder segundos da vida a,
Sorrir...
É partilhar momentos e repartir,
Mil e quantas gargalhadas,
E mais mil e quantos pensamentos...

Viver é...
É perder minutos da vida a, 
Passear...
É semear amor e amar...
É cultivar amizades e cuida-las ...

Viver é...
É perder horas da vida a,
Rir sem motivo,
A chorar de alegria,
A correr por gosto,
A passear por paixão,
A conviver com os outros,
Criando a vida com mais motivação,
Fazendo dela a nossa perfeita canção...

Viver é...
Perder a anos da vida a,
Vive-la...

Susana V

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Não sei quantas almas tenho


"Não sei quantas almas tenho.
Cada momento mudei.
Continuamente me estranho.
Nunca me vi nem acabei.
De tanto ser, só tenho alma.
Quem tem alma não tem calma.
Quem vê é só o que vê,
Quem sente não é quem é,

Atento ao que sou e vejo,
Torno-me eles e não eu.
Cada meu sonho ou desejo
É do que nasce e não meu.
Sou minha própria paisagem;
Assisto à minha passagem,
Diverso, móbil e só,
Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo
Como páginas, meu ser.
O que segue não prevendo,
O que passou a esquecer.
Noto à margem do que li
O que julguei que senti.
Releio e digo: “Fui eu?”
Deus sabe, porque o escreveu."

Fernando Pessoa

Hoje deixo um poema do poeta que mais admiro, que mais me fascina ler e interpretar. Talvez me fascine pelos seus enigmas por entre as letras, pelas frases complexas, mas ao mesmo tempo simples, pelas palavras mais vulgares ditas de ums forma diferente. Pessoa faz-me me pensar, no que se inspirou para tais poemas escrever, será que sentia o que escrevia, ou apenas escrevia o que não sentia, ou escrevia o que queria sentir deixando no ar para os leitores interpretarem e decifrarem os segredos que esconde nas suas linhas de pura imaginação... 

Susana V


segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Permite-te ser feliz ...




Não digas o que não sentes,
Diz o que teu coração fala...

Não grites pelo que não acreditas,
Grita pelos valores que vives...

Não fales sem saber do que se fala,
Fala quando souberes do que se fala ...

Não te deixes embarcar em mares que não queres ir,
Espera pela tua vez de ir...

Não te prendas a lugares que não queres ficar,
Sai, procura e luta, por um lugar que queiras ficar...

Não te influencies por caminhos fáceis,
Caminha por aqueles que te conduzem aos sonhos,
Mesmo sendo difíceis...

Não permitas  que a vida, passe e que tu não passes por ela,
Permite-te ser feliz...

Susana V



sábado, 7 de dezembro de 2013

Olhei para mim...







Numa manha de outono,
Fechei as janelas dos meus olhos,
E para dentro olhei,
Olhei para mim...

Para mim que vive,
Por detrás de um rosto,
De uma figura estruturada,
Por detrás de roupas vestidas,
E de cabelos escorridos ...

Olhei para mim,
Vi para além do que vejo,
Vi quem sou perante a vida,
Vi como vivo a vida,
Aquela que todos os dias vejo...

Olhei para mim, 
Vi o que sofri,
Vi o que conquistei,
Vi os sonhos que quero conquistar,
Vi a minha vontade de a vida agarrar,
E marcar...

Olhei para mim,
Vendo o que de olhos abertos não se vê,
Não se sente,
Nem se reflecte,
Parei, 
E olhei,
Olhei para mim...

Susana V

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Um pouco de ti...




Nos lugares que passes,
Marca a tua diferença,
Deixa a tua essência,
Deixa um pedaço de ti,
Levando outras tantos pedaços,
Dentro de ti...

Porque um dia,
Serás lembrado,
Pelo que fizeste naquele lugar.
Naquele espaço,
Junto das pessoas que ajudas-te,
A olhar o dia,
Com outros olhos,
Com olhos de vida...

Porque um dia,
Serás lembrado,
Pela diferença,
Que na vida de alguém criaste...

Porque um dia,
Serás recordado,
Pelo pedaço de ti que deixas-te,
Pelo teu EU,
Pela tua presença deixada,
E pela tua falta causada...

Só quem marca a sua presença,
É que fará que a sua falta seja sentida...

Susana V

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Alma falante ...





Uma semente foi plantada na minha alma,
A semente da criação,
Aquela que só pode ser regada,
Com imaginação,
Cuidada com amor,
E amada com alma ...

A semente cresceu à medida,
Que lhe dei alimento,
O alimento da inspiração,
Esse que não falta,
Quando pego num lápis,
Num papel,
Ou até mesmo num pedaço de cartão...

É uma magia que cresce dentro de ti,
Cresce sem dar conta,
Cresce sem fazer barulho,
Sem desarrumar a minha casa interior,
Cresce somente na minha alma,
Dando vida às mais silenciosas palavras,
Que no escuro vivem,
E precisam de serem iluminadas...

Nas asas do escrever,
Voo,
Nas pernas do sonhar,
Ando,
Nas barbatanas do querer,
Nado,
Nas mãos do amar,
Amo,
Amo escrever...

Susana V





Natal...





Natal é sinónimo,
De amor, partilha e afecto,
Natal é partilhar momentos felizes,
Com quem amamos,
É retribuir beijos e abraços,
A quem com amor nos dá,
Natal é fazer da vida, a magia do natal,
É criar o natal todos os meses,
Todas as semanas, todos os dias,
Nos nossos corações,
Junto da nossa família e amigos,
Natal é amor para dar e receber ,
Todos os dias em que abres a janela,
E vês um novo dia...




Deixo-vos a minha musica de natal preferida para desejar
a todos um natal cheio de alegria, saúde, amor e união...

Susana V


O nosso rei...



O sol espreita do lençol azul,
Espreita sorrindo,
Dando cor, 
Alegria e calor,
A quem da terra recebe o seu amor...

Dá conforto,
Cada raio que do céu desce,
E na terra adormece...

Dá alegria,
Cada dia em que nasces,
Tornando o nosso dia diferente,
E quente...

Dá vida,
Cada segundo que afastas as nuvens escuras,
E apenas ficas tu,
Tu para nos iluminar,
Aquecer e alegrar,
Tu que sem dares conta,
És o nosso rei,
O rei dos dias de sol...

Susana V

domingo, 1 de dezembro de 2013

Vive-la ...




Numa pequena palavra,
Entende-se o seu significado em ser pronunciada...

Num singela atitude,
Entende- se a vontade de a realizar,

Num caloroso abraço,
Sente-se a intensidade em ser oferecido, 

Num repuxado beijo ,
Sente-se a vontade de ser roubado,

Na simplicidade de um gesto
Percebe-se o valor que tens na vida de alguém...

Nos momentos da vida,
Percebe-se o sentido que ela tem...
É vive-lá com a identidade necessária,
Para que os momentos nela criados,
Sejam para sempre no coração guardados ...

Susana V

sábado, 30 de novembro de 2013

Com paixão...



Nas correntes do mar,
Rolam desejos,
Vagueando os sonhos...

Nas profundezas do mar,
Ficam enterradas as tristezas,
Deixando as alegrias a flutuar,
pelas águas claras,
Que tendem a acalmar...

Mar que se aprecia, com amor,
Que observa com paixão,
Com olhos de paixão,
Paixão pela oceano,
Oceano que tranquiliza a vida,
Vida que precisa que paz,
Paz que o mar dá,
Dá a quem deixa que entre em sua alma...

Susana V

sábado, 23 de novembro de 2013

Pensar...






“Pensar incomoda como andar à chuva

Quando o vento cresce e parece que chove mais.” 

Alberto Caeiro, O guardador de rebanhos.



Pensar é dar movimento ao cérebro de andar, pelos caminhos da vida, de dar asas à massa cinzenta de voar e aterrar nas rotundas da vida, de onde tudo se vê em movimento, onde tudo se vê a girar sem parar... assim é o pensamento, voar para além da vida, permitindo que a nossa cabeça não pare de pensar, girando a cada passo que é ela vira...

Susana V

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Sonhar contigo...



Ao deitar na almofada,
Meus sonhos vagueiam,
Por lugares nunca visto,
Por pessoas nunca imagináveis,
E por outras desejáveis.
De ter aqui,
Bem perto de mim,
Tu!

Sim tu,
Apareces nas minhas noites,
Colorindo meus sonhos,
Magicando minhas histórias de amor,
Dando calor,
E paixão,
Ao meu coração,
Que anseia um toque do teu,
Sim do teu!

Sonho contigo,
Porque quase sempre adormeço a pensar em ti,
Será que tu,
Também adormeçes a pensar em mim,
Será que tu,
Também sonhas comingo,
Será que tu,
Também anseias que eu toque no teu coração,
Sim no teu coração,
Ou serás que já foste tocado,
Pelo cupido!?
Sim tu, foste?!
Pois não sei,
Nem sei, se algum dia, 
Saberei ...

Tu,
És a lua que me vê adormecer,
E o sol que me observa ao acordar...

Susana V

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Quando era criança...



Numa face pequenina e doce,
Brilham os olhos de uma criança inocente...

Uma criança,
Que brinca, brinca e brinca,
Durante todo o seu dia,
Sempre com alegria,
Rasgando um sorriso,
No seu rosto de pura,
Criança..

A bela idade,
Passa-se na brincadeira,
Nos risos perdidos, 
Nos locais jamais esquecidos,
Nos pensamentos inocentes,
Nas palavras ditas pela verdade,
Nos momentos singelos de gargalhadas,
Por tudo e por nada...

Assim com pureza,
Subtiliza,
Se vive quando se é criança...

Assim com inocência
Inconsciência,
Se vivia momentos inesquecíveis 
Momentos que hoje, 
Por maia que nos esforcemos,
Nunca os conseguiríamos criar,
Porque,
Hoje somos moldados pela vida,
Enquanto que nesta idade,
Estávamos apenas revestidos por um manto branco,
O mando da pureza,
Da espontaneidade,
Algo que a medida que crescemos vamos perdendo,
No barro da vida,
Aquele que nos envolve,
Nas suas pequenos pedaços de barro...


Susana V

domingo, 17 de novembro de 2013

Paralelos da cidade ...


Nas ruas da cidade,
Passeiam gentes desconhecidas,
Nas ruas da cidade,
Vivem gentes desconhecidas,
Umas das outras,
Vivem gentes que por vezes apenas,
Querem ser compreendidas,
Entendidas,
E acolhidas,
Numa cidade,
Que nunca foi a delas,
E que hoje é totalmente desconhecida...

Nos paralelos dos passeios,
Que ladeiam as casas,
Andam gentes sozinhas,
Procurando um mapa,
Que lhes guie para o futuro desejado,
Que tanto procuram e não encontram...

Todos nós vivemos numa aldeia,
Numa cidade ou numa vila,
Todos nós pertencemos a um lugar,
Lugar esse que possui as nossas origens,
Os nossos valores e nossas tradições,
Mas... existe um dia, 
Em que a nossa cidade fica para trás,
E outra cidade temos de habitar,
Outra aldeia ou vila temos de pisar,
Para nosso futuro melhorar e conquistar,
Quando a outra cidade chegamos,
Desconforto sentimos,
Por não conhecermos ninguem,
Por não termos as nossas bases...

É nesta altura,
Que sabe bem,
Ouvir um bom dia,
Agradecer uma ajuda,
É nesta altura,
Que valorizamos a nossa cidade,
A nossa aldeia, ou nossa vila,
Porque não a possuímos,
E a outro local temos de nos tentar integrar,
Deixando o nosso já integrado, para trás...

E os outros!?
Os outros que aparecem,
Nas nossas aldeias, cidades ou vilas,
Vindos de outras aldeias, cidades ou vilas,
Que chegam e nada conhecem,
A não ser as bagagens que trazem,
Precisam de alguém,
Que lhes diga, bom dia,
Que lhes estique a mão,
Ajudando nas coordenadas que devem tomar,
Nos caminhos que devem iniciar,
Para o seu futuro poder conquistar...

Nas cidades, nas aldeias ou nas vilas,
Não há pessoas especiais,
Que possam ajudar,
Que te possam indicar os caminhos a percorrer,
Há sim todos nós,
Que vivemos, que podemos contribuir,
Para os outros, ajudando-os,
Dando-lhes a pertença a uma comunidade,
Que nunca foi a deles,
Assim faremos, 
O que gostávamos que um dia alguém,
Fizesse por nós,
Quando não estivéssemos,
Debaixo do tecto que nos viu crescer...

Susana V







segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Dia de São Martinho...



No dia 11 de Novembro,
Festejamos o dia de São Martinho,
No assador de barro,
Saltam as castanhas,
Acabadinhas de fazer,
Na mesa redonda as vamos comer,
Acompanhadas com o vinho,
Que hoje na adega fomos provar...

Quentinhas e boas,
Na mesa a escaldar,
Vamos todos festejar,
O dia que esta a acabar...

No dia de são Martinho,
Convida-se um amiguinho,
Come-se castanhas e bebe-se vinho...

Susana V


sábado, 9 de novembro de 2013

Silêncio barulhento ...



No silêncio do silêncio,
Escrevo o que no barulho do barulho,
Ouvi,
E na minha mente reti...

Escrevo o que meus ouvidos,
Ouviram e gostaram,
Escrevo o que meus olhos,
Captaram e apreciaram,
Escrevo o que minhas mãos,
Tocaram e amaram,
Escrevo o que vejo, oiço e sinto,
No coração de quem ouve o silêncio como barulho,
Na mente de quem parar de pensar,
Não sabe parar...

As palavras são escritas,
Pelo coração de quem as sente,´
E pela alma que vive no corpo de quem é gente...

Susana V

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Um pouco de tudo...



O oceano é constituído por gotas,
O jardim por flores,
Uma árvore por troncos
Uma praia por vagos de areia,
Um monte por torrões,
Uma casa por tijolos,
Uma vida por pessoas...

Uma pequena gota,
Faz a diferença no oceano,
Porque é de gotas que ele se forma,
Uma pequena flor,
Faz a diferença num jardim,
Porque é de flores que ele se forma,
Um pequeno tronco,
Faz a diferença numa árvore,
Porque é de troncos que ela se forma,
Um pequeno torrão,
Faz a diferença num monte,
Porque é de torrões que ele se forma,
Um pequeno tijolo,
Faz a diferença numa casa,
Porque é de tijolos que ela se forma,
Uma pequena pessoa,
Faz a diferença numa vida,
Porque é de pessoas que a vida se forma,
Porque cada pessoa nascida,
Tem uma missão para ser cumprida...

Nós somos, um,
Neste mundo cheios de pessoas,
Mas este um,
Faz a diferença no meio da multidão,
Mas este um, 
Faz vida,
Dá vida,
Dá de si ao outros,
Para que os outros,
Também possam viver,
Por isso por mais pequenas que sejam as coisas,
Por mais insignificantes sejas os objectos,
Por mais pessoas que existam,
Todas elas fazem diferença,
Neste mundo criado pela diferença de cada...

Susana V

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Refugio ...



No meu refugio,
Me refugio,
Naquele onde descobri o teu sorriso,
Captei o teu brilho de um olhar,
E o teu singelo gesto de amar...

Na praia que nos cruzamos,
É para essa que fujo,
Fugindo do mundo,
Fugido da confusão,
Permanecendo assim,
Só,
Acompanhada com o mar,
Com a praia,
E contigo no meu eterno pensamento,
E no puro coração...

O desejo de te ter aqui,
Ao pé de mim,
É maior que o oceano,
Que tenho diante de mim...


Susana V

domingo, 3 de novembro de 2013

É loucura...


"É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou. Entregar todos os teus sonhos porque um deles não se realizou, perder a fé em todas as orações porque em uma não foi atendido, desistir de todos os esforços porque um deles fracassou. É loucura condenar todas as amizades porque uma te traiu, descrer de todo amor porque um deles te foi infiel. É loucura jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo. Espero que na tua caminhada não cometas estas loucuras. Lembrando que sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim, um recomeço." 


Jô Soares


Enrolada na musica ...



Pendurada numa pauta musical fiquei,
Com as notas musicais me enrolei,
Ao ritmo da musica que cantei...

Tanto que dancei,
Antes de pressa ter ficado,
De enrolada ter permanecido,
E da musica ter terminado...

De tanto dançar,
Cansei,
De tanto cantar,
Parei,
Parei no palco da pista de dança,
Junto da multidão dançante,
Que vibra ao som da musica cantante ...

Pendurada na ultima linha da pauta,
Pouco tempo fiquei,
Enrolada na nota aguda,
Pouco tempo permaneci,
Porque logo de seguida,
Veio uma nota grave,
E eu caí,
Desenrolando-me,
E caindo noutra linha,
Brincando fiquei...

Susana V



quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Dizem que finjo ou minto


"Dizem que finjo ou minto 
Tudo que escrevo. Não. 
Eu simplesmente sinto 
Com a imaginação. 
Não uso o coração. 

Tudo o que sonho ou passo, 
O que me falha ou finda, 
É como que um terraço 
Sobre outra coisa ainda. 
Essa coisa é que é linda. 

Por isso escrevo em meio 
Do que não está ao pé, 
Livre do meu enleio, 
Sério do que não é, 
Sentir, sinta quem lê! "

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"



Adoro Fernando Pessoa, para mim é uma grande referência literária, faz-me pensar no que teria ele a pensa, para escrever o que eu tendo decifrar. Escreve com razão e imaginação, não usando o coração. Oiçam o poema cantado está fantástico, um grande louvor ao grande Senhor da poesia.


terça-feira, 29 de outubro de 2013

Palavra silenciosa ...


No silêncio de uma palavra,
Ouve-se um murmúrio de um sentimento,
Sentimento que permanece no pensamento,
No coração,
E na alma de quem fala pela palavra,
Silênciosa a outros ouvidos,
Mas barulhenta ao ouvido do coração,
De quem lhe dá voz...

Palavra dançarina,
No palco da escuridão,
Que se faz ouvir,
No barulho que é uma paixão....

Amor,
A palavra que murmura no coração,
Que permanece no eterno pensamento,
Que agita a alma,
Que movimenta a vida,
Que interrompe o barulho da vida,
Criando um clima de paraiso,
Jamais pensando,
 Para ser vivido...

Amor,
Palavra pequena,
Mas com grande sentimento,
Amor,
Palavra que mesmo dita no barulho,
Faz se sentir no coração silencioso,
Amor,
Palavra dita,
Por um coração sentido,
 E sofrido..

Amor,
Palavra que só deve ser pronunciada com amor...

Susana V

domingo, 27 de outubro de 2013

Sonha, luta e vence ...




A cada dia que vives,
Vai sonhando...

A cada minuto que vives,
Vai lutando pelos sonhos...

A cada segundo que vives,
Vai conquistando a vida,
Vai lutando por uma meta,
Vai percorrendo aquele caminho temeroso,
Mas que sabes que um dia,
Vai ser vitorioso...

Vai, 
Sonha e faz por vencer,
Por viveres o sonho que queres vivver...

Porque tudo o que é sonhado,
Só não é conquistado se não for lutado...

Por isso sonho,
Sonho todos os dias,
Que abro a janela para  a vida,
E vejo,
Que a vida é como o vento,
Vem e passa...
Por isso faço que a sua passagem,
Seja marcada com as mais belas ventanias,
Que deixaram as marcas das alegrias...

Susana V

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Lágrima ...



E uma lágrima dançarina,
Dança num rosto de uma rapariga,
Dança a dança da saudade,
Ao ritmo da musica do amor ...

E vai dançando,
No palco de uma face molhada,
Por água doce,
O doce das lágrimas,
O doce do amor,
Amor distante,
Mas não esquecido,
Amor sofrido,
Num coração desfeito em lágrimas dançarinas ...

E cai uma na pista de dança,
Cai outra  de seguida,
Espreita outra do camarote,
E também cai,
Como uma pequena bailarota,
Dançando a musica da saudade...


Lágrima dançarina,
Que cai no palco da dança,
Esborratando a tinta que o pintou,
Tirando os sorrisos que a embelezou,
Num dia em que seu coração se apaixonou...

Lágrima de saudade,
É apanhada no regasso do meu colo,
Aconchegada em meus braços,
E apertada em meu coração,
Com a força do querer,
Que um dia,
A lágrima vai transformar o palco,
Em alegria...

Saudade é ter saudade...
Ter saudade é sentir saudades...
Saudades é querer matar saudades...
Saudades são nada mais que saudades,
Jamais esquecidas,
Com um sopro de vento...

Susana V

domingo, 20 de outubro de 2013

Andar, cair e levantar...



Nas estradas que caminhamos,
Muitos buracos encontramos,
Muitos obstáculos nos são propostos ...

Nos caminhos que traçamos,
Existem armadilhas com que nos cruzamos,
Existem para nos fazer cair...

Nas praias que passeamos,
Ondas grandes nós encontramos,
Ondas que nos tentam derrubar o caminho...

Mas é preciso,
Andar nas estradas da vida,
Para mais tarde, não entropeçar-mos nos mesmos obstáculos...

Mas é preciso,
Caminhar nos caminhos da vida,
Para nos fortalecer-.mos como pessoas, com as armadilhas passadas...

Mas é preciso,
Passear nas praias da vida,
Para conhecermos as ondas perigosas, para  nos sabermos defender ...

Mas é preciso,
Andar para caír,
Para depois vencer...

Mas é preciso,
Caminhar para ultrapassar,
Para depois ganhar...

Mas é preciso ir se sobrevivendo,
Para valorizarmos o que é ir vivendo...

Susana V


Profundo sonhar...



Num sono profundo, 
Adormeço,
Num sonho sonhado,
Onde permaneço,
Acordada,
Como uma alma viva,
Num  sono adormecido,
Mas num sonho vivido,
Num coração aquecido,
Com o calor da lua,
Para mim, oferecido...

Sonho num sono,
Adormecido,
Na almofada esquecida,
Numa cama de um quarto,
Algures perdido...

Susana V

sábado, 19 de outubro de 2013

Aprendi...



"Aprendi que se aprende a errar.
Que crescer não significa festejar aniversários.
Que o silêncio é a melhor resposta quando se ouve/lê uma asneira.
Que trabalhar não significa só ganhar dinheiro.
Que os amigos se conquistam mostrando o que somos.
Que os verdadeiros amigos ficam connosco até ao fim.
Que a maldade pode esconder-se atrás de uma bela cara.
Que quando penso saber de tudo ainda não aprendi nada.
Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos.
Que se pode viajar além do infinito.
Que ouvir um elogio faz bem à saúde.
Que sonhar é preciso.
Que se deve ser criança a vida toda.
Que o que realmente importa é a paz interior."

Cláudio

domingo, 13 de outubro de 2013

Impulsionador da vida...





E as vezes só desejaria,
De poder colocar o coração de lado,
Impedindo-me de tanto sofrer,
Impedindo-me de deitar lágrimas de te querer...

Só pedia o coração longe do seu lugar,
Para que me impedisse de tanto amar,
Amar que faz sofrer,
Sofrer que faz chorar,
Chorar que faz entristecer,
Entristecer que faz angustiar,
Por não se poder esticar os braços,
E abraçar quem se quer abraçar...

Só pedia que meu coração,
Fosse passear por um minuto,
Para que pudesse descansar,
Dos sentimentos que ele me traz,
Para que pudesse não sofrer,
Por algo que tanto quero ter,
E que hoje me impedi de o tocar,
Abraçar,
Beijar,
E.... amar...

Coração é o impulsionador da vida,
Dos sentimentos,
Do amor,
Dos batimentos de uma paixão,
Que é acesa na sua própria escuridão,
Coração...

Susana V

sábado, 12 de outubro de 2013

Colo do amor...




Nas paredes do ar,
Desenho o teu sorriso,
Aquele que faz o meu sorriso sair,
Da caixa falante ...

Nas costas das árvores,
Pinto a tua face,
Aquela que  decora minha floresta...

Nas palmas da areia,
Escrevo o teu nome,
Aquele que quando soa,
Nas paredes do coração,
Fá-lo vibrar com mais intensidade,
Com mais felicidade..

No colo do amor,
Aconchego a paixão,
Aquela que sinto por ti,
Aquela que vive no coração,
Protegida com as armas do verdadeiro amor...

Susana V


sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Dá-te à vida




A sociedade constitui-se de pessoas,
E as pessoas constroem a sociedade.

Cada vive suas vidas
Contribuindo para outras...  

Porque não existe um ser humano, 
Que possa viver sozinho,
Que não dependa de ninguém para se manter vivo...

Porque não existe vida social,
Se cada um não criar a sua vida,
Se cada um não der de si, à vida...

A sociedade constitui-se por ti,
Por ti, que trabalhas, estudas ou nada fazes,
Por ti, que respiras o ar que vagueia,
Por ti...

Dá de ti,
Dá o teu melhor,
Dá-te aos outros,
Para que os outros se possam dar a ti,
Para que os outros se aliem a ti,
Para que os outros te ajudem a construir vida...

Dá sorrisos,
Dá vida,
A outras vidas,
Dá conforto,
A outras vidas,
Dá beijos,
A outras vidas,
Dá abraços
A outras vidas,
Dá vida,
À vida que espera que a alimentes...

Dá de ti,
Porque tudo o que dás,
A ti volta,
Um sorrisos dado,
É um troco regressado,
Um abraço oferecido,
É um gesto acolhido,
Uma vida alimentada,
É uma vida criada...

Dá-te à vida,
Para que ela se dê a ti...

Dá esperança aos dias,
Um dia, os dias dar-te-ão certezas...

Susana V