segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

E quando se ama ...



Uma sensação estranha sente-se,
Quando se soletra o nome de alguém,
Quando se observa uma fotografia de alguém,
Quando se ouve falar desse alguém,
Quando esse alguém , é alguém que amamos,
Sente-se um aperto no peito,
Um formigueiro na barriga,
Umas borboletas no estômago,
Um calor vindo do coração,
E uma paixão que se instalou num coração,
Num coração que ao mesmo tempo sofre,
Sofre porque o outro coração não bombeia amor da mesma forma que este,
Sofre porque ama demais, quem não ama...

E quando se ama de verdade sofre-se por amor ...

Susana V

sábado, 27 de dezembro de 2014

Dar o salto para o ano....




Numa folha branca amachucada,
Embrulho meus sonhos,
Os sonhos que desejo realizar,
Não hoje, mas um dia,
Não amanhã, mas num futuro...

Nesta folha que escrevi,
Para além dos sonhos descritos,
Tenhos nomes de pessoas,
Nomes daqueles amigos,
Que quero levar comigo,
No salto de um ano para o outro,
Amigos não levo muitos,
Levo os essenciais,
Aqueles que sei, que posso contar,
Aqueles que estão juntinho a mim,
Não só nas alegrias,
Mas também nas tristezas,
Assim se conhece os amigos,
Conhecidos levo muitos,
Mas esses, são mesmo isso conhecidos,
Pessoas que nos damos bem,
Mas sabemos que se houver algum aperto na vida,
Elas não nos valem de nada,
Ou quem sabe se no próximo ano,
Sejam diferentes, 
Tornando-se pessoas especiais,
Amigas ...

Nesta folha escrevi o que desejo,
As minhas conquistas a fazer,
Os mesmos objectivos a alcançar,
E os amigos que não quero perder,
Porque preciso deles para continuar a viver...


Que no salto de um ano para o outro,
Leve só as alegrias do ano que passou,
Das vitórias que travou,
Dos obstáculos que conseguiu superar,
Das desilusões que passou,
Para não cair na mesma tentação,
Que nos salto de um ano para o outro,
Leve quem marcou o seu ano,
Quem marcou os 365 dias que passaram,
Leve consigo os momentos que marcaram todos estes dias,
Que já passaram...

Susana V

Dar de nós...

É preciso deixar -se um vazio da nossa presença um dia, para valorizarem nossa presença todos os dias ...

Ontem alguém me disse "Falta esta menina, falta-nos tudo neste centro de dia","Já tínhamos saudades" É tão bom ouvir isto, é saber que fazes a diferença na vida de muitas pessoas, que o pouco que dás, é muito para muitas pessoas... que o amor que dás aos outros é pouco em relação ao que recebes...

É por isto, que trabalho com amor, é por isto e por muitos mais gestos, palavras, objectivos, vitorias conquistadas diariamente com quem trabalho que digo que trabalho com prazer, que não trabalho dia nenhum da minha vida, porque o faço com satisfação e amor à camisola.

A velhice já é triste pela sua transformação que traz, a cada pessoa que a recebe, não tem que ser infeliz até morrer... A velhice tem de ser uma fase da vida aproveitada da melhor forma possível, com sorrisos, abraços, vitorias, com amor diário, com o mesmo amor que estas pessoas deram aos filhos quando eram pequenos... A velhice é um mudança trágica na vida de uma pessoa, mas não tem que ser trágica toda a sua época ... Nós temos que dar motivos para sorrir a estas pessoas, nós que um dia também seremos  velhos temos que dar amor, dando mais qualidade de vida aos que nos rodeiam, dando-lhes momentos felizes, nos seus últimos momentos de vida... A vida é dar e receber, dar amor e receber amor, é dar -se a si próprio aos outros que precisam de um pouco de nós para serem um pouco mais felizes... E isso custa-nos?! NÃO, não custa, dar um sorriso, dar um abraço, dar um beijo, dar uns dedos de conversa, dar um presente, dar um momentos feliz, não custa nada, fazer alguém feliz. Afinal não é preciso muito, basta um pouco do teu tempo....

Susana V

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Fervilhar de sentimentos ...

Quero escrever,
Mas não consigo dizer,
Dizer o que sinto,
E escrever o que me vai no coração...

É sentimento forte que sente,
Uma angústia por dentro,
Um amor que não desaparece,
E uma paixão que não se apaga...

É fervilhar de emoções,
Num pequeno espaço no humano existente,
No coração,
É um misto de sentimentos,
Numa pequena essência de pessoa,
Na alma...

É um querer desligar de tais sentimentos,
Mas nao se consegue,
É um querer deixar de pensar,
Mas não se consegue,
É um querer não gostar de outro coração desta forma,
Que é amar,
Mas se consegue deixar de amar...

É saber que o outro coração,
Não nos ama da mesma forma,
E mesmo assim ama-lo na mesma...

Susana V

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Pensa ...



"Agora pensa. Pensa em quem amas. Pensa quem te faz sorrir. Pensa em quem encaixa no teu abraço. Em quem dá conforto ao teu dia. Em quem enlouquece as tuas noites. Em quem, quando faz as mais pequenas coisas, te coloca um sorriso nos olhos. Com quem gostas das coisas banais e que as faz parecer uma festa. A quem precisas de contar uma novidade. A quem queres ligar quando tens um problema. Em quem na realidade precisas. Em quem amas sem esperar nada em troca.

Eu sentei-me e pensei em ti. 

E tu? Em quem pensas?"

- Rita Leston -

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Feliz natal ...



Hoje decide percorrer as casas dos meus amigos e entregar os meus presentes.  Mas não levo saco recheado de prendas... as minhas prendas cabem nas palmas das minhas mãos. Foste tu, o primeiro que escolhi a entregar as minha prendas. Posso entrar na tua casa?! Não desarrumo nada, nem faço barulho, até porque a tua casa é pequena e silenciosa, mas torna-se enorme, quando se fala no que ela guarda... guarda momentos, histórias, pessoas, alegrias, tristezas ... é o coração, é nesta casa que quero entrar e deixar o que trago na palma da mão. Uma porção de alegria, de paz e saúde mais uma grande quantidade de amor e tempo... tempo e amor os maiores presentes que se podem dar a qualquer pessoa, o nosso tempo dado com amor. Feliz natal beijinhos.

Susana V

Viver o natal ...


Viver o natal,
É estender uma mão a um amigo,
É dar um ombro amigo,
É dar conforto e carinho a alguém querido...

Viver o natal,
É dar o nosso tempo aos outros,
É passear com quem amamos,
É partilhar o dia com quem gostamos...

Viver o natal,
É dar um sorriso a alguém triste,
É dar um beijo a alguém 
É dar uma abraço a quem precisa de força para continuar a caminhar,

Viver o natal,
É dar amor,
Recebendo muito mais amor...

Viver o natal é fazer permanecer esta magia natalícia todo o ano,
É dar um pouco de si, todos os dias, às pessoas que nos rodeiam e nos amam...

Susana V

Amor é uma ilusão

O amor será mesmo uma ilusão,
Uma ilusão criada por quem está apaixonado,
Uma sensação de magia no coração embebecido,
Uma acumular de sentimentos inexplicáveis aos olhos de quem amor pelo outro sente...

O amor é uma ilusão,
Na qual tudo se vê de uma forma mágica e única,
Na qual o coração bombeia proporias de felicidade,
Na qual se quer viver bem juntinho de quem se ama, porque se não lá vem a saudade...

O amor é uma ilusão,
De quem se apaixona pelo coração,
É um conto de fadas, onde tudo é vermelho,
Até que um dia o pano cai,
E a desilusão desce à pagina da vida,
A história que idealizamos nas nossas cabeças,
Jamais fazem sentido,
Apesar dos sentimentos não nos largarem,
Apesar da paixão não fugir de um pé para a mão,
Apesar de sabermos que o outro coração não está por nós apaixonado,
Continuamos a amar,
Não sabendo quando nem como deixar de o fazer,
Deixar de amar o outro, só porque ele não nos ama,
Será que algum dia se deixará de amar?!
Será que o amor deixará de existir por alguém que hoje amamos?!
Como será que esta história acabará?!

Não tenho respostas hoje,
Apenas questões, que não são poucas,
Nesta cabeça que muita pensa e neste coração que muito sente....

Susana V

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Feliz natal



Olá a todos,
Eu sou o coração,
O coração de alguém que é feito de pedacinhos de outros corações,
Daqueles corações que passam nas nossas vidas,
E deixam a sua marca pela sua essência,
Estes pedacinhos tem nomes,
Nomes daqueles que preencheram as nossas vidas,
Com memórias e histórias jamais esquecidas,
Chamam-se pessoas especiais,
Por conseguirem cativar o nosso coração.

Eu sou o coração,
Que deixou pouco de mim em cada um de vos,
Levando um pouco de todos comigo,
Hoje venho dar-vos mais um pouco de mim,
Venha trazer mais amor a cada coração,
Mais alegria a cada dia,
Mais paz a cada vida,
Venho deixar vos as minhas prendas de natal,
As essências para esta vida,
Um beijinho doce em cada face,
Um abracinho forte a cada um
E uma porção de amor em cada coração.

Susana V



quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Captar sorrisos ...





Conseguir fazer sorrir, alguém que tem o sorriso encoberto pela tristeza da vida, pelas dificuldades que hoje vive, que antigamente tudo fazia e de ninguém dependia... é difícil chegar-se à velhice e deparar-se com uma serie de mudanças, tanto físicas, como psicológicas e até sociais. Deve ser um processo de mudança complicado de digerir, de ver que a pessoa que era antigamente que corria, dançava, que caminhava sozinho, hoje precisa de apoio para dar um passo que seja... parece simples para quem vê e apoia, mas para quem está a ser auxiliado, deve sentir uma mágoa no coração, a mágoa do que foi e do que é hoje, do pode fazer hoje e do que fez ontem. E muitas a tristeza vem daí, da vida passada e da hoje chegada... Mas consegue-se descobrir sorrisos dançando com quem adorava dançar e hoje pouco anda, mas dançou, dançou à sua maneira e estava feliz ... mas consegue-se descobrir sorrisos a quem perdeu visão e deixou de dançar, mas hoje devagarinho dançou e sorriu ... Mas consegue-se fazer pessoas felizes, com um pouco de nós... A velhice é talvez a maior mudança que o ser humano pode passar na vida, mas não pode ser encarada como o fim... como uma fase em que não se descobre nada de novo e de bom. Nesta fase da vida, há mais tempo, há mais tempo ócio e com ele podemos nos ocupar com muitas descobertas, com lugares onde nunca visitamos, com experiências novas, com convívios, onde exista musica e dança, onde a boa disposição abafe os pensamentos menos bons, dando lugar aos bons que dão forças para mais uns dias de vida... A vida é uma descoberta diária e todos os dias podemos fazer alguém sorrir com um simples gesto...

Susana V

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Razão ou coração ...



Há algo em nós que não entendemos,
Que não percebemos o seu bater,
Que não definimos os sentimentos que nele despertam,
O coração,
O coração que bate por outro coração,
Que chama por ele,
Mesmo o outro não chamando pelo nosso...

Não se sente o porquê,
O porquê destes sentimentos voltados para a paixão,
No qual o outro coração que a despertou,
Dá mais motivos para não bombear amor,
Do que para amar,
Não se percebe, 
Porquê de não conseguir deixar de pensar no outro coração,
Porquê de saber que ele não te dá motivos para continuares a amar,
Mas tu, continuas amando-o...

Não entendo o coração,
Talvez devemos seguir a razão e não coração,
Que bate por outro coração que dá motivos de  não necessitar do bater do nosso para sobreviver ...

Não entendo porque é que o meu coração,
Não entende que tem de deixar de bater fortemente pelo coração que não o ouve...

Talvez o coração não seja feito para ser perfeito,
Nem para ser ser compreendido,
Apenas seja feito para ser sentido,
E ser entendido pela razão
Deixando a alma que a tenta perceber na incógnita,
Que é a vida no campo do amor ...

Susana V

Se amas...



“Se amas alguma coisa ou alguém, deixe que parta. Se voltar é porque é teu, se não é porque jamais seria.”

Autor desconhecido

sábado, 6 de dezembro de 2014

Livro do amor ...



A vida é o que fazemos dela,
É o que sonhamos e realizamos,
É o amor que damos e que recebemos,
São os sorrisos que fazemos dar e os que damos,
São apertados que oferecemos e recebemos,
É o dia que lutamos por outro dia,
É um mês riscamos na agenda e um ano novo que aguardamos,
São momentos que criamos,
São histórias que construímos,
É um mar de emoções que vivemos,
É um misto de sentimentos que nos envolvemos,
São pessoas que amamos e outras que odiamos,
São lembranças que ficam 
No coração que tudo guarda,
No coração, o centro da vida ...

A vida é tudo o que nela fazemos e deixamos feito,
São as marcas de amor que nela ficam,
Deixando a tua doce passagem bem vincada,
No livro do coração,
A quem tu amor deixas-te nele escrito ...

Susana V

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Atreve-te e vive ..




A vida é curta demais,
É curta de mais para a hesitarmos viver,
É curta demais para zangas e mal entendidos,
É curta demais para deixarmos para amanha os nossos sonhos,
É curta demais para deixarmos os sorrisos para manha,
É curta demais para deixarmos que o medo impeça de atingirmos a felicidade,
É curta demais para não amar hoje...

Ame sem limite,
Perdoa sem custo,
Sorria sem motivo,
Atreva-se a viver sem medo,
E viva todos os dias como se fosse o ultimo dia da sua vida,
Só assim se vive com mais intensidade e felicidade,
Só assim se vive a vida por inteiro,
Aproveito todos os momentos que nela surgem com quem amamos,
Só vivendo um dia de cada vez,
Se percebe que a vida pode terminar amanhâ,
E que amanha não dará tempo para fazer o que se pensou ontem...

Susana V

domingo, 30 de novembro de 2014

Lago de emoções ...



E no rosto de quem sente,
A dor de amar,
Caiem lágrimas,
Lágrimas que dançam,
Na face marcada pela vida...

É uma dor que aperta o coração,
Que afoga a voz,
Em que os estômago fica pequeno,
E os sentimentos se apoderam do ser,
Que os sente...

É uma dor que não explica,
É um querer ter, o que não se tem,
É um sentimento de perda,
Sem mesmo nunca ter tido, o que queria ter...

É lago de emoções,
Que se constrói.
À medida que às lágrimas caem no chão,
Vindas do coração...

Susana V

sábado, 29 de novembro de 2014

Especial...

Na vida cruzam-se pessoas, umas aparecem de passagem, outras aparecem e ficam nas nossa vidas pela intensa  com que passaram no nosso coração.
Estas que não passaram, mas sim ficaram nas nossas vidas, tem um nome, por se destacarem das outras, que apenas passam e nada deixam para recordar. Chamam-se especiais, pois só as pessoas que possui algo especial dentro do seu coração, consegue cativar outros corações, conseguindo assim pertencer a outros mundos, a outras vidas, sem ser as delas. Es uma pessoa especial, que passou na minha vida e ficou bem marcada no meu coração. De tal forma marcada, que me levas-te a sentir o que nunca senti, talvez porque nunca tenha encontrado alguem como tu. Não sei explicar o que, mas existe algo magico, algo que nao se apalpa, apenas se sente.. Talvez não consigo demostrar o que sinto, o quanto es inmportante para mim... mas não consigo, porque é mais forte que as palavras, este sentimento que se apodera de mim. Não por não querer dize-las, não é por não senti-las, é por não saber o que dizer e como me vais receber. Talvez seja tarde, talvez tenha perdido tempo, chances, momentos, vida, talvez tenha perdido mesmo vida pensando nos "ses", nos "porques", ao invês de agir e dirigir-me a esta pessoa especial, tu.


Susana V

Guardei...




“Guardei você aqui dentro, aonde quase ninguém é capaz de chegar, aonde poucos permanecem.”

Autor desconhecido 

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Hoje ...

Hoje Tomei a Decisão de Ser Eu Hoje, ao tomar de vez a decisão de ser Eu, de viver à altura do meu mister, e, por isso, de desprezar a ideia do reclame, e plebeia sociabilizacão de mim, do Interseccionismo, reentrei de vez, de volta da minha viagem de impressões pelos outros, na posse plena do meu Génio e na divina consciência da minha Missão. Hoje só me quero tal qual meu carácter nato quer que eu seja; e meu Génio, com ele nascido, me impõe que eu não deixe de ser. 
Atitude por atitude, melhor a mais nobre, a mais alta e a mais calma. Pose por pose, a pose de ser o que sou. 
Nada de desafios à plebe, nada de girândolas para o riso ou a raiva dos inferiores. A superioridade não se mascara de palhaço; é de renúncia e de silêncio que se veste. 
O último rasto de influência dos outros no meu carácter cessou com isto. Reconheci — ao sentir que podia e ia dominar o desejo intenso e infantil de « lançar o Interseccionismo» — a tranquila posse de mim. 
Um raio hoje deslumbrou-me de lucidez. Nasci. 


Fernando Pessoa

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Desejo-te hoje



Anseio pela tua chegada,
Pelo teu cheiro,
Pelo teu beijo,
Pelo teu abraço,
Pela teu coração,
Que alimenta a minha paixão...

Anseio-te hoje,
Desejo-te hoje,
Desejo ter te aqui bem juntinho a mim,
Para que possa sentir o bater do teu coração,
Quando estas junto a mim...

Espero por ti hoje,
Não tenho pressa,
Apenas tenho o desejo de te ter e ver hoje,
Apenas quero tocar-te,
Beijar,
E amar,
Ainda hoje ....

Susana V

domingo, 23 de novembro de 2014

Dor que atormenta ...

A incerteza de se ser amado, como se ama alguém é a maior dor, que o humano pode sentir dentro de si mesmo. É uma que não se vêm que não é sentida pelos outros, mas quem a tem não consegue definir sintomas, nem como atenuar tal sofrimento, apenas sabe que a dor passa um dia, não sabendo qual, nem como, não sabendo com quem, nem onde, que passará um dia.... Um dia a dor instalada no coração, o aperto que sente, a angustia que se vive, dará lugar a outra luz, a outro sentimento, não se qual, só se sabe que um dia, ele acaba, porque não à dor eterna, a felicidade existe, só não se sabe quando, nem onde, mas ela vive bem perto de nós, nós as vezes é que não a vimos, nem sentimos, estamos demasiados ocupados com dor que hoje sentimos, talvez, seja necessário passar pela dor, antes do amor... talvez, seja o caminho a percorrer antes da felicidade alcançar... talvez, a dor seja um fato vestido à felicidade, que dia despido será um dia de festividade.. talvez, a dor não seja mais que isto mesmo, um amor sofrido, mas vencido, um dia...

Não desperdice a vida



Nunca desperdice um beijo, um abraço, uma palavra sincera, estar com quem  se gosta, porque nada é eterno, e o que tens hoje amanhã podes não ter. E quando não tiveres vais querer voltar ao tempo perdido e recuperar o que não foi conseguido. Fale hoje, abraça hoje, beija hoje, ama hoje...

Susana V

sábado, 22 de novembro de 2014

Ama



"Ama. Porque é só por aquilo que te faz perder a respiração que vale a pena respirar."

Autor desconhecido 

Escrever com alma




As palavras soltam se de uma boca fechada,
Mas de um coração aberto...

As frases encaminham se para quadras,
Num livro fechado, mas com uma folha descoberta...

Os textos surgem, nas mentes despertas,
Num lugar mágico, onde só alguns conseguem tocar,
A alma ....

O amor com se escreve surge,
A paixão pela escrita cresce,
À medida que alma que assista a esta paixão,
Dá alimento, dá força, dá coragem,
A todas as palavras que no coração sentidas,
Que sejam no papel escritas ...

Susana V


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Quantas vezes...



"Quantas vezes os tenho ouvido dizer a mesma frase que simboliza todo o absurdo, todo o nada, toda a insciência falada das suas vidas. É aquela frase que usam de qualquer prazer material: «é o que a gente leva desta vida»... Leva onde? leva para onde? leva para quê? ... "

Fernando Pessoa 

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Coração despertou...

E o sentimento que surge num coração pequenino, cresce,
Cresce à medida que o tempo passa,
Que os momentos surgem,
Que as conversas se soltam,
Que as palavras se tornam tintas decoradas nas paredes do coração,
Que agora, grande ficou,
Com o amor que nele se instalou...

E o amor surge numa alma de pessoa,
Que descobriu sentimentos encobertos nas suas paredes de ser humano,
Que descobriu que amar não é só gostar, mas sim cuidar amando,
A outra alma que seu coração despertou,
Para sentimentos que na sua vida mudou...

E o amor surge num ser,
Que descobriu que o amor,
É a única forma de viver a vida em plena intensidade e felicidade...

Susana V

domingo, 16 de novembro de 2014

Desabafo ...

Gostava de conseguir,
Chegar até ti,
E dizer-te o que sinto por ti,
Gostava de conseguir,
Ultrapassar a barreira do medo,
E dizer-te o quanto és importante na minha vida,
Gostava de ter a coragem de correr até ti,
E dizer-te que gosto de ti,
Simplesmente como és...

Gostava de um dia abraçar-te fortemente,
E dizer-te ao ouvido amarei eternamente...


Susana V

Falar de sentimentos...



Sentir com coração,
É fácil para quem lhe dá ouvidos,
É difícil para quem não o quer ouvir,
É indiferente para quem nada sente ...

Demonstrar o que o coração sente,
É difícil para quem não sabe o que o outro coração sente,
É fácil para quem nada sente e diz que sente,
Que sente o amor...

Agora para quem realmente amor sente,
É difícil expressar-se porque qualquer palavra que se diga,
Não há nenhum certa, para definir o que sente,
Talvez, talvez o silêncio mutuo,
Seja a frase perfeita de dois corações apaixonados,
Um dia encontrados ...

Susana V

sábado, 15 de novembro de 2014

Trabalhar com prazer ...



Animação Sociocultural é abrir portas a momentos inesquecíveis, impensáveis de se realizarem ontem. É abrir caminhos para novas conquistas, novas descobertas. É dar um sorriso, é puxar uma gargalhada, é integrar na sociedade, é envolver todos os grupos sociais num só grupo, o grupo da humanidade a que todos pertencemos. Ser animador é ser um fio condutor à realização sonhos, de felicidades, jamais pensadas em serem realizadas antes de ser partir para o outro mundo, o mundo da realização. Ser animador com idosos é ser um ouvinte e um conselheiro é tirar alguém do mundo silêncio dando lhe qualidade de vida. Porque sim, a vida só termina um dia, e até lá há que vive-la em plena harmonia, felicidade, descanso, mas acima de tudo qualidade, mostrando a cada rosto, que a vida é mais do que aquilo que se vê e imaginava, é mais que o trabalho que fizeram até hoje, é mais feliz, do que se pensa, se for vivida no caminho da integração com os outros, com sociedade.... Animação é dar vida a quem vidas deu .... Trabalha com quem trabalho, faz de mim uma pessoa feliz, sabendo que faço muitas felizes... Não trabalho nenhum dia, porque gosto do trabalho que faço. Faço-o com admiração e prazer...

Susana V

domingo, 9 de novembro de 2014

Sinto te ...

Sinto te tão perto,
Mas tão longe,
Sinto te tão junto,
Mas tão distante,
Sinto te tão presente,
Mas tão ausente...

Sinto te dentro de mim,
Sinto te presente,
Sinto te perto de mim,
Bem juntinho a mim,
Sei que entras te em mim,
Sem perguntar se podias entrar,
Entras te e ficas te,
Ficas sem saber a razão desta estadia,
No  meu coração,
Ficas te porque o cativas te,
Sem caprichos,
Sem falcatruas,
Sem maldades,
Cativas-te simplesmente,
Pelo teu jeito de ser,
Pela tua forma de viver,
Cativas-te sem querer,
Sem saber o que estavas a fazer,
Cativas-te na tua singela forma de estar na vida...

Mas vejo-me rodeada de questões,
Que me apertam o coração,
E me impedem de agir,
Em prol da sua satisfação,
Terei eu cativado o teu?!
Estarei presente em ti, 
Como tu estás em mim?!
Estarei apaixonada  por ti?!

É um misto de sentimentos em meu redor,
É um sentir te presente,
É um desejo em ter-te junto a mim,
Mas é uma incerteza instalada,
Um medo de agir e sair ferida,
É um querer arriscar e ter medo de tudo perder,
Sem mesmo nada ter...

É um sentir que nunca senti,
Que sinto por ti...

Susana V

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

O amor é mágico ...




O amor é algo mágico, que se sente, para além do que é sentir, para além do que até hoje sentis-te,
é sentir alguém de perto mesmo estando longe, é sentir o perfume de alguém mesmo não estando ao alcance dos nossos olhos, é sentir um formigueiro no coração quando se sente que alguém chegou, mesmo ainda não avistado aquele sorriso que a um coração apaixonou... A paixão é uma descoberta do amor, do amar o outro de uma forma única e inexplicável, é uma descoberta de sentimentos dentro de si próprio, é um descobrir que a vida é mais para além do que se vê, é mais para além do que se sente, é mais para além do que se ama, a vida é um amor que se constrói diariamente com pessoas... O amor é um sentimento mágico que se traz ao nosso coração, que quando alimentado com os sentimentos mais puros do ser humano constrói a bela história da vida, a paixão... Paixão é o resultado de um amor um dia descoberto, num dia de surpresa...

Susana V

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Arriscar ...



A incerteza que se instala em mim,
Impede-me de agir,
O medo que se apodera de te perder,
Mesmo sem nunca te ter,
Prende-me, impedindo-me de a ti chegar,
E abraçar,
Ou até mesmo beijar.

A incerto toma conta de mim,
Leva-me a mil pensamentos,
Todos voltados para ti,
E o medo,
Esse terrível medo de te perder,
Quando meu coração abrir soltando suas palavras,
E que o teu se assuste,
Deixando o meu a falar sozinho...

O medo é a barreira que impede o futuro,
De ser como nós sonhamos,
O medo é aquele que atormenta durante,
Acordamos de manhã com o seu barulho,
Porém sonho,
É aquele que vive durante o nosso dia,
Aquele que na noite adormece,
Mas que vai-nos acordando para a realidade,
Quando do medo nos tenta impedir de agir,
Vai acordado-nos para a vida,
Dizendo "Arrisca!"

O medo de perder algo,
De perder alguém sempre nos vai amedrontar,
Mas será o medo,
Maior que o sonho a conquistar!?
Ou maior que o amor que queremos dar!?

Não,
O medo nunca pode ser maior que o sonho,
Nunca nos pode impedir de arriscar,
Se o medo nos agarrar e atar as mãos,
Vamos viver o que?!
Nada,
Limita-nos a viver com o medo,
O medo de fazer,
Porque se pode perder,
O medo de arriscar,
Porque se pode perder,
O medo de agir,
Em prol do sonho,
Só porque não existe 100 por cento,
De garantias...

A vida é feita de escolhas,
De incertezas,
De equilíbrios e desequilíbrios,
É feita de oportunidades,
Nós temos que deixar medo sozinho,
Concentrado-nos no sonho,
Na felicidade nosso e dos outros,
E nunca deixar que o medo de agir,
Seja maior que a vontade de viver feliz ...

Susana V

domingo, 26 de outubro de 2014

Único...



E na vida existem coisas que não se explicam,
Sentimentos que não se definem,
Por mais palavras que os tentamos descrever,
Apenas os conseguimos sentir de uma forma inexplicável,
E única...

Existindo ainda mil e uma sensações que a vida nos oferece,
Que nos transformam,
Que nos fazem pessoas mais sensíveis,
Que nos fazem captar sentimentos, ainda a descobri,
Que nos fazem sentir os outros de uma forma presente,
Mesmo estando fora do alcance visual,
Que nos fazem sentir apertos no peito,
Quando se sente o vibrar de um coração,
Que faz o nosso trabalhar,
Que nos fazem sentir que amar,
É o motivo pelo qual se vive,
Deixando na vida, em aberto,
O caminho que devemos traçar até o amor encontrar...

Susana V

Felicidade



A felicidade não não é um bem que se multiplica em cativeiro, nem é nada que diminui quando se dá. Pelo contrário, somente semeando a felicidade é que conseguimos aumentar a nossa cota. 

Paulo Coelho 

domingo, 19 de outubro de 2014

Libertar o coração ...



E há dias em que o coração,
Tem tudo na ponta da língua,
Mas falta os sons das palavras na boca,
Há outros em que os sons das palavras,
Estão na ponta da língua,
Mas falta  as mensagens do coração...

Haverá um dia,
Em que as mensagens estão na ponta do coração,
Para serem pronunciadas,
Assim como os sons delas,
Está pronto na boca para ser ouvido...

Assim espero,
Encontrar um dia em que ambos estejam em sintonia,
E que posso libertar o coração deste sufoco que aperta-me o peito,
Carrega a alma,
 E impede me de respirar livremente...

Será,
Será que haverá esse dia,
O dia em que consiga pronunciar,
Tudo o que meu coração tanto querer por ti gritar,
Será que haverá esse dia,
O dia em que as palavras não secam, da boca molhada de lágrimas,
Por ti, deixadas cair no meu regaço,
Onde meus sentimentos por ti permanecem,
Tentando descobrir quais deles despertam no teu coração...

Tenho esperança,
Que um dia consiga,
Dar força a voz para gritar bem alto,
O que sinto por ti,
Acredito,
Que um dia liberta meu coração,
Destes sentimentos,
Partilhando-os com o teu...

Vivo acreditando que um dia iremos,
Rir à gargalhada
Desta história toda por nós os dois criada,
Sem ser por nenhum dos dois planeada...

Susana V

sábado, 18 de outubro de 2014

Aperto no peito...



 No escuro de  um corpo,
Descoberto na claridade do dia,
Vive um coração,
Embrulhado num nó de angústia,
Feito por fitas,
A fita do querer,
E a fita do medo,
Na fita do querer,
Vive a vontade de ter,
De querer agarrar outro coração,
Um coração que aos olhos,
Deste coração angustiado,
É o ideal coração,
Para completar o que falta neste,
Que vive só,
Sabe que a perfeição não existe,
Que os erros também fazem parte,
Desta vida,
Por saber isso,
Por saber o que aparenta ser o outro coração,
Deixo-se cativar por ele,
E é aqui,
Que chega a fita do medo,
O medo de arriscar,
E sair com o coração ferido,
Com o coração despedaçado,
Por não coincidir a imagem que se tem,
Desse coração, com a quem mais tarde se desvenda,
É o medo de agir,
Medo de perder o que até agora se ganhou,
Medo de ser tudo uma ilusão,
De ser tudo o que se quer ver,
E não o que se vê,
Talvez seja mesmo isso o amor,
Uma ilusão,
Uma magia inexplicável aos olhos de quem o vê,
E no coração de quem sente...

É um nó que sente no peito,
De querer falar e a boca não se conseguir expressar,
É um nó no peito que se instala,
Durante o dia que decorre,
Até à noite que desce até nós,
Descendo ai, os sonhos,
Os sonhos com o outro coração,
Os sonhos, que desejamos que fossem reais...

É um nó no peito,
É uma instabilidade emocional,
É um misto de sentimentos,
É um medo instalado,
É um querer desejado,
São perguntas sem resposta,
São sentimentos que não se explicam,
Apenas se sentem,
Num coração apertado pelo amor,
E enrolado pela paixão...

Amor será a paisagem de uma vida apaixonada,
Quando a paixão for a personagem principal da história do romance a dois criado...

Susana V

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Pessoa...





"A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo."

Fernando Pessoa 




domingo, 12 de outubro de 2014

Tempestade no coração



fora,
Cai a chuva,
Do cortinado cinzento,
Em cima de nós estendido,
Cai lentamente,
Molhando tudo em seu redor,
Deixando a sua marca,
Por todos os lugares que passa...

Lá fora,
Dançam as árvores,
Ao ritmo da musica do vento,
Que por sua vez toca o ritmo,
Que o Outono lhe recomenda... 

Lá fora sopra vento,
Cai a chuva,
Dançam as árvores,
Existe agitação entre quem lá vive,
Aqui dentro,
No escuro do coração,
Vive de igual forma,
De agitação,
A única diferença,
É que ao invés de ser tempestade de Outono,
É uma tempestade de sentimentos,
Onde a saudade dança,
Ao ritmo do amor,
Que por sua vez toca o ritmo,
Que a paixão comanda ...


Por de trás de um vidro,
Marcado pelas gotinhas que caíram,
Vive-se tempestade da natureza,
Dentro de coração escondido,
Num corpo descoberto,
Vive-se tempestade de ser humano,
Sentindo-se perdido no seu próprio corpo ...

Susana V


sábado, 11 de outubro de 2014

Ser vivo




"Nenhum ser vivo vive sozinho, exclusivamente para si." 
William Blake 

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Sonhei contigo...


No meu sonho,
Era um dia de nevoeiro,
Em que eu, calmamente andava,
Em direcção a um único ponto de luz que via,
Mas melindrosa,
Eu temia,
Temia o medo de não saber o que pisar,
Nem o que encontrar...

Neste sonho,
Parecia que caminhava nas nuvens,
Onde o ar era fresco,
E o branco se apoderava dos nossos caminhos,
Caminhos que não sabíamos onde iam chegar,
Pois a única referência era um ponto,
Um ponto de luz,
Bem longe,
Mas era esse ponto,
A nossa meta,
Mesmo sem saber o que lá estava,
Era lá que queríamos chegar,
Eu e o meu medo de andar sem ver o que estava eu a pisar,
Apenas sentia,
Com meus pés, minhas mãos e meu coração...

Só pensava,
"Quando é que tudo isto acaba",
E no momento em que disse em voz alta,
-"Que este sonho termine e que eu acorde",
Sinto uma mão a apertar a minha,
Que apenas disse,
-"Não estás sozinha,
Eu caminho contigo"...

Confiei,
E de mãos dadas,
Com o desconhecido caminhei,
Mas agora não o meu pensamento,
Não era que o sonho terminasse,
Era que eu encontrasse,
A luz, 
Para ver quem a minha mão agarrou,
E meu coração acalmou...

Caminhamos juntos,
Até que vi claridade,
Vi o sol,
O sol que despertava da janela,
E de repente olho para ao lado,
Na esperança de ver quem me agarrava a mão,
Mas não morava ali ninguém,
Apenas eu e o meu sonho,
De querer ver-te a meu lado,
Quando o sol acorda-se...

Sim tu,
Eras tu que eu queria,
Que segurasse minha mão,
E acalmasse este coração,
Do sentimento que nele se instalou,
E uma paixão encontrou...

Susana V

domingo, 5 de outubro de 2014

Ama hoje ...


E um dia a vida fecha-te os olhos,
Coze-te a boca,
Desliga-te o coração,
E tira-te junto daqueles que amas...

E um dia tudo isto acontece,
Ficas imóvel,
Sem poderes concretizar os teus sonhos,
E hoje pensas "amanha eu luto, por esse sonhos, tenho tempo",
Ficas mudo,
Sem poderes dizer o quando gostas das pessoas que te rodeiam,
E hoje pensas "amanha eu digo, o quanto essas pessoas são importantes na minha vida",
Ficas sem força para abracar,
Aqueles que amas,
Ficas sem tempo,
Para te dedicares que com eles queres perder o teu tempo,
Ficas com tantas coisas por fazer,
E outras tantas por dizer,

Faz hoje,
Diz hoje,
Não vale a pena ensaiar conversas,
Treinar conquistas de sonhos,
Porque afinal o tempo que perdes sozinho a pensar,
Perdes oportunidades da vida aproveitar,
E estar com aqueles que vais sempre amar.

Não percas tempo,
Amanha podes não ver o sol,
Não ver o mar,
Não ver a lua,
Não ver todos aqueles que amas,
Amanha pode ser tarde demais para falar,
Para fazer algo acontecer,
Amanha pode não chegar,
Pode não vir até ti,
E se assim for,
Levas contigo,
Tudo o que não fizes- te na terra e te arrependes,
Atreve-te,
Mais vale fazer e errar,
Do que não fazer,
E o coração morrer desgostoso ...

Não percas tempo a pensar,
Perde o tempo a agir,
O tempo não pára
Mas pode fazer-te parar para sempre,
Num dia que ninguem espera,
Num dia que tudo se deixa na terra,
Apenas se leva o amor que damos e recebemos,
Assim como as memórias e as histórias que na terra vivemos,
Por isso criar as tuas melhores histórias hoje,
Dedica-te àqueles que amas hoje,
Porque o hoje existe,
O amanha pode não existir...

Susana V

sábado, 4 de outubro de 2014

Trabalha com coração




Seja qual for o trabalho que se desempenhe, é uma arte, onde o trabalhador é um artista, que com amor, dedicação deita sementes do seu trabalho no seu espaço de actuação. Nós somos artistas no nossa própria arte de trabalhar. Escolhe um trabalho que gostes e nunca trabalharás um dia da tua vida.
Arte é criar com paixão e cuidar com amor, o trabalho que nos enche o coração... 

Susana V

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Dor de amor

O sentimento surge, sem darmos conta da sua presença total em nós. Certa altura, esse sentimento que surgiu, detectamos em nós uma mudança de estar com outros, associamos o sentimento a pessoas, a pessoas que na nossa vida se cruzaram sem motivo aparente, mas foram nela permanecendo. Ao associar o sentimento a pessoas, vamos fazendo com que esse sentimento seja mais forte, mais sentido em nós mesmos, vamos fazendo -o crescer  através dos momentos que passamos junto da pessoa que o sentimento se sente à flor da pele, vamos fazendo-o crescer à medida que vamos fazendo descobertas que cativam nosso coração, olhando para o coração que nos começou à algum tempo a lançar sentimentos no nosso, vamos fazendo-o crescer com a admiração que vamos criando pela essência de pessoa que nos cativou e nossos sentimentos mais profundos despertou. Admira-se alguém, pela forma de viver, pela forma de estar com os outros, pela maneira como conversar connosco e com os outros, pela forma de lutar pelo que querer, pela garra que tem perante os obstáculos da vida, pelo esforço que faz diariamente para obter bons resultados, pela forma como trata o próximo, sem saber ou conhecer o outro, pela delicadeza nas palavras, pela gentileza nas acções, pela ajuda prestada sem olhar a troco, pela humildade de ser humano, pela transparência de pessoa. Ao admirar-se assim alguém, começa-se a identificar com este alguém que surgiu antes do sentimento ter batido à porta, começa-se a pensar mais nesta pessoa, começa-se a sonhar com esta pessoa, começa-se a querer estar com esta pessoa, começa-se a ganhar uma amizade mais forte, mais sólida. Mas isso não chega, porque nesta altura o coração já não aguenta o peso do sentimento que foi crescendo durante este tempo, não suporta só uma amizade, não consegue viver, não partilhando esta dor de amor, sim dor de amor, a dor que o sentimento forte faz no coração de alguém apaixonado. É aqui que surge as duvidas, as angustias, as questões, os múltiplos sentimentos, num só coração, porque o outro, não sabe, ou não quer dar se por sabido, que o outro coração está por apaixonado. É aqui que o coração apaixonado não sabe o que fazer, não quer uma amizade perder, mas não consegue aguentar sozinho, sem partilhar, o sentimento que veio a crescer, sem nenhum dos dois se aperceber ... E amor é isto, um misto de sentimentos inexplicáveis num só coração ...
E amar, será amar o outro sem saber dizer porque é que o ama... ama-se e ponto!
Amor e amar não se explica, sente-se!!

Susana V

domingo, 28 de setembro de 2014

Aprendi...




"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim... e aceitar o tempo que a vida demorar a encarregar-se do resto"

Autor desconhecido 

Incontrolável...



Sem querer,
Penso em ti,
Sem querer,
Sonho contigo,
Sem querer em ti pensar,
Penso como te tirar do meu pensar...

Mas,
Mas nenhum pensamento se sobrepõe,
Ao pesamento que me leva até ti,
Nenhum é mais forte,
Que a vontade de até ti chegar,
E abraçar...

Mas,
Deveria pensar, em ti não pensar,
Mas é mais forte que o meu pensar,
É incontrolável,
Esta vontade de te ver,
De te tocar,
De um abraço te dar,
E um beijo te roubar...

São pensamentos involuntários,
É um sentimento incontrolável,
Num corpo de alguém,
Que o coração bate como se não houve amanhã,
Como se amanhã fosse tarde para te amar...

Susana V

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Sentimento que prevalece ...




Diante do pôr do sol,
Estou,
Com o  mar ao meu lado,
Permaneço,
Com a areia enrolada em meus pés,
Ficarei,
Sonhando contigo,
Sonhado em ter-te junto a mim,
Sonhando em partilharmos o mesmo pôr do sol,
O mesmo azul do mar,
O mesmo sentimento de amor,
Que une meu coração ao meu pensamento,
Que une meu pensamento a ti,
Que te une a mim...

Sonho, podermos sonhar,
Junto ao mar,
Junto à terra,
Junto ao lago,
Junto à árvore,
Junto às flores,
Junto a qualquer coisa,
Porque não é o lugar,
Que vai mudar o que sinto por ti,
És tu,
O principal motivo da paixão,
Que tenho por ti....

Não é lugar que importa,
Não é espaço que importa,
Não é paisagem que importa,
É sentimento que vale,
Que vale acima de todas as coisas existentes no mundo...

Susana V

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Missão de viver ...



"Todos nascemos com uma missão. A diferença está que uns decidem enfrentar o medo da sua grandeza e honrrá-la, outros ficam aprisionados por esse medo, perdendo com isso a oportunidade de viver a sua missão."

Autor desconhecido

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Destino....



Numa noite de verão,
Saímos os dois,
Cada um com seu destino traçado,
Sem saber qual  o destino de cada um...

A noite estrelada estava,
As ruas cheias de pessoas permaneciam,
Era um vai e vem,
De gente para um lado e para o outro,
A música fazia-se ouvir,
Do grande palco que ali existia,
Vivia se clima de festa,
Onde reina a alegria,
De se viver este dia ...

Saí nesta noite,
Desejando que te encontra-se,
Mas sabendo que era difícil,
Saí nesta noite,
Desejando cruzar-me contigo,
E roubar te um beijo...

Saí pela noite fora,
Sabendo que em casa também não estavas,
E tu, sabendo que eu em casa também não estava,
Saímos os dois,
Acabando por nos cruzar,
Sem sequer nada combinar,
Consegui,
Consegui roubar te um beijo,
Uma palavra,
E um olhar,
Olhar aquele que só tu sabes fazer,
E meu coração aquecer ...

No meio da multidão,
Que preenchia aquela festa de verão,
No meio de tantas caras desconhecidas,
Encontramo-nos,
De frente a frente,
Como se algo nos empurra-se,
 Para nos unir...

E afinal  consegui,
Roubar te um beijo,
Numa noite onde nada estava previsto,
Numa noite em que o destino nos juntou,
Acalmando o meu coração,
Que por ti se apaixonou...

Susana V

sábado, 20 de setembro de 2014

Viver ...



A vida é feita dos momentos que vivemos, dos sonhos que sonhamos e lutamos, das vitórias que conquistamos, dos obstáculos que superamos, das lágrimas que deitamos, dos sorrisos que espalhamos,  das recordações que guardamos ... A vida é feita de tudo aquilo que vivemos....

Susana V