domingo, 12 de outubro de 2014

Tempestade no coração



fora,
Cai a chuva,
Do cortinado cinzento,
Em cima de nós estendido,
Cai lentamente,
Molhando tudo em seu redor,
Deixando a sua marca,
Por todos os lugares que passa...

Lá fora,
Dançam as árvores,
Ao ritmo da musica do vento,
Que por sua vez toca o ritmo,
Que o Outono lhe recomenda... 

Lá fora sopra vento,
Cai a chuva,
Dançam as árvores,
Existe agitação entre quem lá vive,
Aqui dentro,
No escuro do coração,
Vive de igual forma,
De agitação,
A única diferença,
É que ao invés de ser tempestade de Outono,
É uma tempestade de sentimentos,
Onde a saudade dança,
Ao ritmo do amor,
Que por sua vez toca o ritmo,
Que a paixão comanda ...


Por de trás de um vidro,
Marcado pelas gotinhas que caíram,
Vive-se tempestade da natureza,
Dentro de coração escondido,
Num corpo descoberto,
Vive-se tempestade de ser humano,
Sentindo-se perdido no seu próprio corpo ...

Susana V


2 comentários:

  1. As tempestades trazem sempre alguma lucidez...

    ResponderEliminar
  2. É nos momentos de tempestade que nos conhecemos melhor

    Beijinhos*

    ResponderEliminar

Abre a tua alma...